Bebedeira leva vários jovens ao hospital no fim da carretela

755

321Vários jovens foram parar no hospital devido ao consumo excessivo de bebidas na noite de sábado, 27 no final da parada italiana da Carretela Del Vin, em Santa Teresa na região serrana capixaba. Um funcionário do Pronto Socorro do Hospital Madre Regina Proteman confirmou o atendimento de diversos rapazes e moças por alcoolismo, mas nenhum deles precisou ficar internado.

“Foram medicados e voltaram logo para casa”, disse o enfermeiro que preferiu não se identificar.  O comandante da 3ª Cia de Polícia Militar de Santa Teresa major Wellinton Luiz Ribeiro disse que não foram registradas prisões por vandalismo ou criminalidade relacionada a Festa do Imigrante Italiano.

“Não houve alterações de importância, até porque o policiamento foi reforçado com 85 homens”, disse. Já o delegado de Polícia de Santa Teresa Olair José dos Santos frisou que um policial militar de folga foi esfaqueado ao se envolver em briga de rua fora do desfile italiano. Ninguém foi preso.

“O caso foi tratado como lesão corporal”, disse o delegado Olair.
O presidente do Circolo Trentino de Santa Teresa Renato Corti destacou que a festa deste ano atraiu um público menor do que nos anos anteriores em torno de 35 mil pessoas entre visitantes e moradores devido ao novo horário da carretela.
A parada começou as 9h30 e terminou ao meio-dia. “Sabe-se que brigas ocorreram. Mas não no trajeto, nem por causa do vinho distribuído na carretela. O festejo de comemoração dos 141 anos da imigração italiana foram tranqüilos. Estamos cogitando modificar o formato da festa do imigrante no ano que vem”, disse Renato sem entrar em detalhes. Já o secretário de Turismo de Santa Teresa Murilo Vago afirmou que a polícia conteve excessos. “Não tivemos problemas sérios. Com tanta gente na cidade é de se esperar que nem tudo dê certo”, disse.