Barra de São Francisco não presta contas e Governo Federal corta merenda escolar

886

100Devido a falta de prestação de contas dos recursos da merenda escolar relativos ao exercício de 2015, o Governo Federal suspendeu o repasse de recursos para a prefeitura de Barra de São Francisco.

A alimentação escolar que já vinha sendo precária agora vai piorar ainda mais. Mesmo com o recebimento dos recursos federais para a aquisição de alimentos para a alimentação escolar a Prefeitura acumula uma dívida de mais de R$ 100 mil reais junto à Federação das Associações, uma entidade que representa os pequenos agricultores do município.

Os pequenos agricultores mesmo com essa falta de chuva conseguiram produzir alguns alimentos que foram entregues à Prefeitura, os agricultores tinham a esperança de fazer a entrega dos alimentos e logo receber, pois trata-se de um recurso federal destinado a essa finalidade e acabaram a ver navios.

Os meses vão passando e a prefeitura não efetua o pagamento. Quando os agricultores e a Federação reclamam são logo criticados por defensores da atual administração.

Como a alimentação escolar está deficitária não atendendo às necessidades nutritivas dos alunos, e pelo fato de em muitas escolas a alimentação já estar faltando seria a hora do Ministério Público da Vara da Infância adotar medidas com vistas a garantir os direitos dos estudantes das escolas municipais.

“Além de deixar os agricultores de nosso Município à míngua, para o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), essa gestão irresponsável está também comprando dos agricultores de Pancas, em um esquema descarado de boicote à agricultura francisquense”, disse o vereador Zé Valdeci.