Autoridades estaduais em Mantenópolis discutem segurança pública

952

9090Estiveram reunidos na sede da Promotoria de Justiça de Mantenópolis, nesta terça-feira 09/06/2015, o Promotor de Justiça, o Comandante do Pelotão da Polícia Militar, o Delegado da Polícia Civil e o Defensor Público Estadual. O objetivo principal da reunião foi o aumento alarmante da criminalidade no município de Mantenópolis, notadamente, dos crimes contra a pessoa e o patrimônio.

Não obstante o índice de criminalidade seja elevado em todo o país, é fato que nos últimos meses, no município de Mantenópolis, foi constatado um aumento significativo no quantitativo de homicídios consumados e tentados, bem como nos crimes de roubo, inclusive com o emprego de arma de fogo, além de uma elevação preocupante nos crimes de furtos aos domicílios e estabelecimentos comerciais.
Nesta reunião foram debatidas e analisadas as possíveis causas desse aumento da criminalidade no município, bem como a possíveis ações que podem e devem ser articuladas no sentido de minimizar a atual situação que tem afetado claramente a sociedade, gerando excepcional sentimento de intranquilidade e temor.

Ao final da reunião houve consenso sobre alguns pontos de vulnerabilidade que carecem de ajustes, ficando delineadas ações específicas para cada órgão estatal presente naquela reunião, sem prejuízo de continuidade nas ações conjuntas e de mútua colaboração entre os referidos entes estatais.

Dentre os números analisado, ressalta como assustador o índice de participação de adolescentes infratores na delinquência em geral, inclusive, com alto índice de reincidência, justificando a postura da Promotoria de Justiça de Mantenópolis nos últimos tempos no sentido de cobrar veementemente da municipalidade a implementação de políticas públicas de atenção à infância e juventude, com efetivação de programas e ações voltadas para os adolescentes infratores em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto.

Não se pode fechar os olhos para o preceito constitucional de que a segurança pública é dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, devendo ser exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

Naquela reunião foram detectadas possíveis pontos falhos na própria estrutura local que precisando ser corrigidos, mas também existem fatores burocráticos e de cunho gerencial a nível do Estado que precisam ser revistos. Quanto a estes últimos, indispensáveis se fazem também, o interesse e a sensibilidade das autoridades políticas tanto a nível municipal quanto estadual, interagindo em esforço comum visando produzir melhores serviços para a sociedade em geral.