Assaltos, tentativa de sequestro e mortes na região noroeste do Espirito Santo e Leste de Minas

3698

0001As informações  ainda não são detalhadas e nem foram  finalizadas porque os policiais ainda estão em ação.  Na manhã desta sexta feira (25/11), uma quadrilha de bandidos  fortemente  armada  assaltaram o Sicoob em Cuparaque-MG.

Aconteceu também um  roubo com  sequestro  em uma  propriedade   na saída de Pancas- ES.  A polícia   apertou o cerco e trocou tiros com os bandidos que estão foragidos. Há indícios e suspeitas de  que  esta  mesma quadrilha com cerca de dez elementos  vem agindo na região.

Na quarta feira, (23/11),   por volta das 23h30min,  uma Kombi de propriedade  do Sr.  Jadir Iporte,   que esperava  os alunos  que estavam chegando da faculdade,  foi assaltada  no distrito de São José  em Mantenópolis.   Os bandidos fortemente armados obrigaram o motorista  a leva-los até  a cidade de Alto Rio Novo –ES , na cidade  soltaram o motorista  e ficaram de posse do veículo  que ainda se encontra desaparecido.

Na manhã desta sexta feira, (25/11), constatou-se que  os bandidos foram ainda mais cruéis na   ação usada para assaltar a  agência do Sicoob  em Cuparaque, Leste de Minas, usando a mesma  Kombi roubada no distrito de São José  os bandidos simplesmente  quebraram o vidro do estabelecimento  e   entraram com fuzis e granadas realizando o assalto.

De acordo com as informações, depois de assaltar  a agência bancária em Cuparaque,  os bandidos  de posse de uma informação de que existia um senhor muito rico em Pancas-ES,   tomaram a direção da propriedade  de João Rodrigues na Pratinha (logo na saída de  Pancas) e  o fizeram refém roubando e  saindo em seguida em fuga com os carros existentes na propriedade  dando de cara com a Polícia Militar  iniciando-se assim uma  grande  e intensa troca de tiros.

Um  grande numero de policiais de toda a região estão envolvidos  na ação.  Sem dados oficiais foram registradas  duas mortes e uma prisão, porém os bandidos continuam escondidos na região.

Fonte/fotos: Neudimar Reis/Rede Social/Grupo Imprensa MG/ES