Alencar Marim: “Estavam construindo um galpão para entrada e saída de ônibus e não rodoviária”

4606
Prefeito Alencar e o vice Denilson sendo entrevistado

O prefeito eleito de Barra de São Francisco, Alencar Marim (PT), ao assumir a prefeitura no dia 02/01/2017, tomou logo de cara um grande susto, pois ao sentar na cadeira de prefeito, teve a sensação de que um caminhão de problemas estava desabando em cima dele.

Em entrevista a emissora Barra-FM, Alencar disse que sua administração será transparente, onde todos possam saber o que está sendo feito e o que será feito. Alencar disse que nesses primeiros dias de administração ele chegava por volta das 7 horas da manhã e saía por volta das 10 da noite.

Para o prefeito, o maior desafio agora e colocar a maquina andar, pois de acordo ele, o município está todo abandonado, uma bagunça geral, além da falta de organização.

“Barra de São Francisco não pode parar, de imediato estamos trabalhando no emergencial, encontramos o município tomado pelo lixo, entulho, muito mato, ruas empoeiradas, entre outros”, disse o prefeito.

Alencar disse ainda que criou uma comissão para cada secretaria para fazer relatórios detalhados de como encontrou cada setor.  Mutirão de limpeza está sendo feito para limpar a cidade que está imunda.

Marim disse que ainda não tem condições de dizer como está a situação financeira do município, mas que os levantamentos estão sendo feitos e em breve será levado ao conhecimento da população. Tem muita divida a pagar, segundo o prefeito.

De acordo com Alencar, o patrimônio público está quase que tudo destruído, e há muita coisa a se fazer para recuperar.

Em relação aos salários, o prefeito Alencar disse que o ex-prefeito pagou alguns servidores, os que eram chegados dele, mas a maioria dos funcionários não receberam, inclusive a maioria dos aposentados estão sem receber.

Muita gente não recebeu férias, 13º e direitos trabalhistas, mas que está trabalhando para regularizar a situação da falta de pagamento da categoria deixada pelo ex-prefeito, mas a maior dificuldade encontrada é a de que os arquivos dos computadores foram apagados. Segundo Alencar o pagamento pode pintar ainda esta semana.

Todos os contratos de empresas prestadoras de serviços a municipalidade estão sendo revisados para saber que posição a tomar. De acordo com Alencar a construção do terminal rodoviário de Barra de São Francisco poderá sofrer alterações, pois a administração anterior estava construindo um galpão para entrada e saída de ônibus, e não uma rodoviária, e ele pretende discutir com os comerciantes e a população a construção de uma rodoviária digna para todos