Agentes de Saúde de Água Doce do Norte querem ir ao MPES por reajuste salarial

613
Paulo Márcio
Paulo Márcio

Os Agentes de Saúde contratados pela Prefeitura de Água Doce do Norte devem ingressar com uma denúncia no Ministério Público (MPES) contra o prefeito Paulo Márcio (DEM), para conseguirem a incorporação do reajuste salarial que lhes é devido desde o início deste ano.

Representantes da categoria dizem estar indignados com o prefeito, pois o mesmo não quer acatar suas reivindicações. Recentemente os agentes, acompanhados do vereador João do Telefone, estiveram reunidos com o prefeito e pediram que seus direitos sejam respeitados porque ainda não receberam com o reajuste.

“Se ele quisesse pagar direito era só diminuir suas diárias, que segundo fontes, chega até R$ 70 mil. O que aborrece é que ele pregou nos palanques que iria gerir com sabedoria e austeridade e isso não esta acontecendo”, critica um dos agentes.

Segundo os agentes o prefeito sempre arruma uma desculpa para não pagar, mas não traz nenhuma solução. O vereador João do Telefone disse que vai continuar a procurar o prefeito para que ele se sensibilize e dê este reajuste.

A reportagem do Jornal Nobre tentou falar com o prefeito, isso está a cada dia mais difícil. “Nem mesmo por telefone e nem por outros meios ele atende e quando não está na prefeitura sua assessora diz que está andando pelo município, mas ninguém vê”, reclama o jornalista João Cassis.