Administração de Barra de São Francisco pelo visto está no “atoleiro”

570

21A administração do prefeito Luciano Pereirinha (DEM), parece de fato estar num atoleiro, incapaz de reagir a fatos que lançam lama na sua gestão e de resolver problemas básicos da população. Nos últimos meses os secretários de educação e de transportes têm sido alvos de muitas denúncias, contrariando a lógica o prefeito prefere fortalecer os mesmos em seus cargos.

Na saúde o problema é crítico, falta de exames e um atendimento precário, de fato o pavilhão está a serviço de uma meia dúzia de candidatos a vereadores que aproveitam o pouco que ainda tem em proveito de suas pretensões eleitorais, agendando exames e consultas para seus pretensos eleitores.

No episódio do rompimento de uma caixa seca no bairro Vila Luciene o prefeito nem apareceu, quem teve coragem de parecer foi um de seus vereadores, mas que foi mal recebido por moradores locais. Várias ruas e em diferentes bairros está uma calamidade de tanto barro, inclusive no distrito de Vila Paulista.

Nesses momentos quem tem que aparecer é o Prefeito, não é possível ver pessoas com suas casas cheias de lama, móveis estragados, ruas intransitáveis e o prefeito se acovardar e nem aparecer para dar uma satisfação aos moradores.

Alias, pelo que se sabe os serviços de limpeza do bairro chegaram a ser suspensos porque faltou óleo diesel para o maquinário da prefeitura, pois, os postos de combustível da cidade que fornecem para a prefeitura vez ou outra suspendem o abastecimento por falta de pagamento.

Nem mesmo as contas de energia elétrica são pagas, recentemente diversas repartições tiveram a energia cortada. Pelo que se vê o prefeito literalmente está com o pé na lama.

22 24