Acusados de estuprar menina de 13 anos em Vila Valério são presos durante operação

434

A Polícia Civil em conjunto com a PM e o Conselho Tutelar de Vila Valério efetuou a prisão de dois homens acusados de estuprarem uma menina de 13 anos de idade, o caso aconteceu no interior de Vila Valério e foi denunciado pela própria mãe. Os acusados são o padrasto, de 36 anos que havia sido preso na última terça-feira e um primo dele, de 24 anos, que foi preso na tarde desta quinta-feira, (27).

De acordo com o delegado Rafael Caliman, na terça-feira a Polícia Militar prendeu e conduziu o padrasto da menina à delegacia de São Gabriel da Palha, sob a alegação de que ele estaria abusando da enteada há mais de dois anos. A versão logo foi confirmada pela mãe da menina, que apesar das desconfianças só descobriu os abusos depois que encontrou um vídeo da filha nua no celular do suspeito.

“Diante da gravidade do caso, a prisão temporária do padrasto foi decretada no mesmo dia. O homem preso nesta data, por sua vez, é primo do padrasto e de acordo com as investigações, uniu-se a ele para participar dos abusos na sexta-feira passada. Difícil é saber o quão grande serão os reflexos desses abusos no futuro da adolescente. Lamentavelmente fatos como esse são mais comuns do que pensamos”, disse o delegado.

Os acusados prestaram depoimentos na delegacia de São Gabriel da Palha e foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de São Domingos do Norte. O caso segue investigado pela Polícia Civil e pelo Conselho Tutelar. A menina disse que era abusada desde quando tinha 10 anos de idade, ela  foi encaminhada para realização de exames e vai receber acompanhamento médico e psicológico.

Fonte: Portal Momento