Prefeitura francisquense promove “Dia de Clube” para crianças do Espaço da Alegria

83

Na tarde desta quarta-feira, 24 de outubro, ainda como parte das comemorações ao Dia das Crianças, a Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco, através do CRAS ( Centro de Referência de Assistência Social ), proporcionou aos alunos e monitores do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, o “Espaço da Alegria”, um “Dia de Clube”.

Os monitores do projeto reuniram as crianças na Associação Recreativa Barra de São Francisco (antigo Clube do Banestes), onde as mesmas puderam se divertir na piscina, na quadra e nos balanços, além é claro de comer os deliciosos doces feitos pela própria equipe do “Espaço da Alegria”.

Em entrevista, o Coordenador do Projeto, Michel Medeiros, fez questão de agradecer a todos que ajudaram a promover esse dia de diversão para as crianças
“Quero agradecer a toda nossa equipe que se empenhou pra que essa confraternização fosse realizada, a todos que direta e indiretamente nos ajudaram e aos proprietários do clube que nos cederam o espaço totalmente de graça”, comentou ele.

Espaço da Alegria

O SCFV é um serviço da Proteção Social Básica do SUAS que é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI).

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) realiza atendimentos em grupo. São atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, dentre outras, de acordo com a idade dos usuários.

É uma forma de intervenção social planejada que cria situações desafiadoras, estimula e orienta os usuários na construção e reconstrução de suas histórias e vivências individuais, coletivas e familiares.

Em Barra de São Francisco, o projeto é denominado “Espaço da Alegria” e atende cerca de 150 crianças.

OBJETIVO

O serviço tem como objetivo fortalecer as relações familiares e comunitárias, além de promover a integração e a troca de experiências entre os participantes, valorizando o sentido de vida coletiva.

O SCFV possui um caráter preventivo, pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades dos usuários.

Texto e fotos: Tiago Quirino

COMPARTILHAR