Municipalização do trânsito de Mantena está próximo de se tornar realidade

106

O município de Mantena por meio da Secretaria Municipal de Transporte foi incluso no Sistema Nacional de Trânsito – SNT através da portaria nº272, de 20 de fevereiro de 2019, publicada no Diário Oficial da União.

Com a integração do município ao Sistema Nacional de Trânsito, ele assume a responsabilidade pelo planejamento, projeto, operação e fiscalização, tanto no perímetro urbano quanto nas estradas municipais. A Prefeitura passará a desempenhar tarefas de sinalização, fiscalização, aplicação de penalidades e educação para o trânsito, além da criação da JARI (Junta Administrativa de Recursos de Infrações).

Um projeto que vem sendo traçado pela equipe da secretaria de Trânsito, desde que o prefeito João Rufino assumiu a administração, e agora será uma realidade para os mantenenses e com certeza é uma excelente notícia.

Assumir a municipalização do trânsito não é simplesmente fiscalizar, autuar, aplicar a penalidade de multa e arrecadar os valores das multas pagas, gerando recursos financeiros ao município. E sim as ações no trânsito podem ser traduzidas em melhorias para a qualidade de vida da população, controlando ou incentivando o desenvolvimento urbano da cidade.

De acordo com Jorcelino Macedo, a municipalização do trânsito além de várias vantagens já citadas, também proporcionará aumento das receitas municipais, podendo firmar convênios, fazendo assim um projeto de uma cidade mais humana e adequada à convivência com melhor qualidade de vida e principalmente o trabalho de educação no trânsito.

São poucos os municípios no Brasil que conseguem ser integrados ao Sistema Nacional de Trânsito, sendo que até o ano de 2017, dos 853 municípios em Minas Gerais somente 64 conseguiram a inclusão.

Realidade esta que demonstra o comprometimento da atual administração para conseguir através de muito trabalho, vencendo várias etapas, incluir Mantena ao sistema, trazendo assim diversos benefícios para a cidade.

Fonte: Informe Leste