Modelo de organização da saúde municipal de Barra de São Francisco é referência para municípios da região

82

Nesta quarta-feira (24), técnicas do Município de Pedro Canário visitaram a Secretaria Municipal de Saúde de Barra de São Francisco, para observar o fluxo instituído no sistema municipal de saúde. Desde o início da administração em exercício, o compromisso firmado foi o de tornar a saúde mais humanizada reorganizando o fluxo do atendimento, tendo como principal objetivo, proporcionar um atendimento mais ágil, eficiente e cada vez mais próximo do cidadão.

A descentralização da saúde, título dado pelo secretário Ronan Cesar Godoy da Costa, procurou desconcentrar os atendimentos da Unidade de Saúde Alvino Campos (Pavilhão/Centro) e fortalecer as Unidades Básicas de Saúde (UBS) em toda a cidade.

De acordo com o secretário, esse processo “organiza a saúde em Barra de São Francisco segundo as diretrizes do Sistema único de Saúde (SUS) e qualifica o atendimento, pois é definida uma equipe composta por médico, enfermeiro, técnicos de enfermagem e Agentes Comunitários de Saúde para cuidar de um grupo específico da população, gerando vínculo entre o paciente e a equipe, permitindo resposta mais eficaz, uma vez que essa equipe passa a conhecer com propriedade os problemas da localidade onde está atuando”.

No tempo em que estiveram realizando a visita aqui em Barra de São Francisco, as técnicas Larissa Paula Bruneli Furieri Mendes e Renata Tozetti Lima, observaram o fluxo estabelecido entre as Unidades Básicas de Saúde (UBS), que é a principal porta de acesso para a saúde local, e como as UBS se relacionam com os setores de liberação de exames, consultas e transporte. Foi observado também como funciona a comunicação entre esses setores para que a Unidade possa dar respostas rápidas aos usuários do SUS.

As técnicas disseram estar felizes e orgulhosas com o cenário organizacional que encontraram aqui no município. De acordo com elas, “a descentralização do agendamento de exames e consultas da Unidade Alvino Campos (Centro) para as Estratégias de Saúde da Família (ESF) só fortalece ainda mais o vínculo com as equipes que atuam nas UBS e com os usuários do SUS”.

Elas também visitaram a Unidade de Saúde do bairro Irmãos Fernandes. Lá foram recebidas pela enfermeira Tânia Saar, que mostrou as formas de encaminhamento e as vantagens da reorganização do fluxo de saúde em Barra de São Francisco.

A reorganização agradou também a Coordenadora do Setor de Regulação e Transporte Tatiane Silva de Almeida. Há muitos anos trabalhando na área da saúde, ela viu diversas tentativas de acabar com as longas filas no “Pavilhão”, mas todas elas fracassaram.

“É um sonho, pois eu passei por diversas gestões, diversos secretários, e muitos deles tentaram acabar com a fila do pavilhão, mas as iniciativas sempre eram frustradas. Hoje, com a descentralização, o ‘postinho’ ao lado da casa do cidadão tende a oferecer respostas mais rápidas, sem falar no atendimento que ficou mais seguro, porque as equipes locais (nos ‘postinhos’) passaram a conhecer melhor o histórico de cada paciente”, declarou Tatiane, que também elogiou toda a equipe.

Fonte: Assessoria de Comunicação PMBSF

COMPARTILHAR