Mistério: Criatura misteriosa provoca susto em fábrica abandonada em Colatina

870

333Símbolo de era de riqueza proporcionada pelo ciclo da madeira, uma fabrica de cerâmica abandonada no Bairro de Barbados a 5 km do centro de Colatina é alvo de rumores que ali ocorre uma estranha movimentação no meio da noite.

Sombras que surgem e desaparecem rapidamente amedronta moradores mais sensíveis, mas a visão de um homem negro enorme era percebida pelos gerentes e continua rondando a velha fábrica de telhas que funcionou entre 1967 a 1997. Quem passa a noite por ali conta que sente uma sensação estranha como se estivesse sendo vigiado. No auge da produção de 150 mil unidades mensais, a cerâmica contava com 25 empregados.
“Não se brinca com a coisa divina, nem com água, fogo e vento”, comenta o dono da cerâmica Mário Dalla Bernardina, 84 anos.  Mário diz que não chegou a ter contato com o fantasma, mas o gerente o viu ao seu lado e o imagina como um ‘protetor’ do lugar. Filósofo por natureza, Mário Bernardina crê que beira de rios e lagos são locais mágicos propícios a uma série de acontecimentos fantásticos. “Aos 12 anos navegava no Rio Doce de canoa com meu pai Roque. Ouvimos uma música, a melodia suave enchia o ar. Horas depois acordamos a 10 km do ponto onde estávamos e a canoa no meio do areal”, relatou Mário Dalla Bernadina. Em Itapina não são poucas os moradores que cortam volta e evitam passar a noite em frente ao casarão mal assombrado.
Por: Nilo Tardin