Menina de 1 ano e 9 meses morre após engasgar com milho de pipoca, no ES

181

Uma menina de um ano e nove meses morreu, nesta segunda-feira (4), após ficar 45 dias internada na CTI do Hospital Infantil de Vitória depois de engasgar com milho de pipoca. O alimento foi parar no pulmão da criança.

Uma tia da criança conversou com a reportagem por telefone e contou que a sobrinha era acostumada a comer pipoca e estava com a babá quando engasgou.

No dia, ela foi socorrida e levada para o PA de Alto Lage, em Cariacica, onde foi atendida e recebeu alta. Mas a menina voltou a passar mal e foi levada para o Hospital Infantil de Vitória, mas não resistiu.

Orientação

O presidente da Sociedade de Pediatria do Espírito Santo, Rodrigo Aboudib, alerta que até os dois anos de idade a criança conhece o mundo pela boca, e que é preciso ficar atento a tudo que ela tem contato.

“Ela tem a tendência de levar à boca para conhecer o brinquedo e também o alimento. O que acontece é que se ela aspira uma pecinha ou um pedaço de alimento, dependendo do tamanho, a obstrução que for causar no aparelho respiratório dela pode levar ou a quadros de pneumonias de repetição ou a um profundo desconforto respiratório, lembrando até um quadro de asma”, explicou o médico.

Em caso suspeito de engasgo, a orientação é procurar por socorro imediatamente. Além disso, é recomendado que crianças não comam na frente de televisão, computador ou celular, porque podem se distrair e engasgar.

“Você pode bater nas costinhas da criança, colocar ela virada para baixo para que esse objeto saia, mas o melhor é procurar atendimento médico, para que essa criança seja prontamente atendida”, finalizou Aboudib.

Fonte: g1