Jovens de Barra de São Francisco participam da maior feira de aviação da América Latina

651

O município de Barra de São Francisco foi bem representado na maior feira de aviação da América Latina, a Latin American Business Aviation Conference & Exhibition (LABACE).

O evento, que aconteceu no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, nos dias 13, 14 e 15 de Agosto, contou com a presença de três jovens francisquenses, Wotson Lima, Rauly Vaz e Jessycka Gonçalves.

Os três jovens atuam na área da Aviação Civil. Wotson é piloto comercial e já atua na área como piloto executivo no município.

Rauly é piloto privado, mas está cursando o comercial.

Jessycka é comissária de voo e atualmente atua em solo, na Gol linhas aéreas, base de  Vitória.

Os três relatam que viveram um experiência única dentro dos jatos executivos mais caros do mundo.

Um dos grandes destaques foi o Dassault Falcon 8X, avaliado em US$ 57,5 milhões (R$ 222,2 milhões). Com capacidade para até 19 passageiros, o jato de três motores tem autonomia para voar de São Paulo a Moscou (Rússia) a quase 1.000km/h e a 51.000 pés (15.545 metros) sem parar para reabastecer.

Outro grande destaque foi o Gulfstream G650ER o jato tem um alcance de 7.500 milhas náuticas (13.890 km) a uma velocidade de 1.133 km/h quase a velocidade do som, tem a capacidade de acomodar 19 passageiros confortavelmente e voar a 51.000 pés 15.545 metros muito acima do aviões comerciais nessa altitude a aeronave deixa pra baixo todos o fenômenos meteorológicos que causam turbulência tornando o voo muito mais confortável e seguro. O preço em torno de US$ 71 milhões de dólares (R$ 284 milhões de reais).

Outra grande novidade foi lançamento do Embraer Preator 500 e Preator 600 que esteve pela primeira vez na feira onde recebeu sua certificação pela Anac, motivo de muita comemoração pelos 50 anos da Embraer.

Desenvolvido a partir do Legacy 450 e do Legacy 500, os modelos da série Preator são jatos executivos da categoria “super médio” com maior autonomia do mercado. De acordo com a Embraer, O Preator 500 tem alcance intercontinental de 3.340 milhas náuticas (6.186 km) em velocidade de cruzeiro de 863 km/h e pode decolar com peso máximo a partir de pista com apena 1.287 metros de comprimento. Para um voo de 1.000 milhas náuticas (1.852 km), a Aeronave pode decolar de pistas com somente 867 metros.

Tal performance permite que o Preator 500 realizar voos sem paradas na America do Norte de Miami a Seattle ou Los Angeles a Nova York. A aeronave também se conecta a costa oeste dos EUA à Europa e à América do Sul. Também e o único jato da categoria que possui cabine de piso plano com 1,80 de altura. A Embraer ainda não informou quando o primeiro Preator 500 será entregue, o preço estimado está em cerca de US$ 16,9 milhões (R$ 67,6 milhões).

A feira acontece todo ano em São Paulo. Este ano contou com mais de 50 aeronaves entre aviões, jatos e helicópteros e mais de 11.000 mil visitantes.