Governo contrata projeto executivo da reforma do 11º BPM de Barra de São Francisco

97

Mais um passo foi dado para a reforma completa da sede do 11º Batalhão da Polícia Militar, em Barra de São Francisco. Nesta quarta-feira (13), o Diário Oficial do Estado publicou o extrato do contrato 024/2019 para execução de serviços técnicos de elaboração de serviços básicos e executivos de arquitetura e complementares de engenharia para a reforma das instalações.

A obra foi indicada ao governador Renato Casagrande (PSB) pelo deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD), líder do governo na Assembleia Legislativa. A empresa contratada para elaborar os projetos é a Pinafo Comércio e Serviços, que receberá R$ 56,9 mil e tem prazo de até 6 meses para executar o acordado, a partir da emissão da ordem de serviço.

Subsecretário de Segurança Pública do Estado do Espirito Santo, Vinicius Xavier Teixeira, natural de Barra de São Francisco, comentou sobre as reformas que serão realizadas no 11º BPM do município. “O 11° Batalhão da Polícia Militar de Barra de São Francisco abrigou, no passado, uma antiga cadeia pública e, depois, uma Delegacia de Polícia, até finalmente se transformar na sede da unidade policial militar”.

“Em 2018 a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social foi demandada pelo deputado estadual Enivaldo dos Anjos para que melhorássemos essa unidade e hoje esse sonho de recuperação do imóvel começou a virar realidade com a publicação no Diário Oficial da autorização para a execução do projeto de reforma”, disse Vinicius.

De acordo com Vinícius, após a ordem de serviço, a empresa terá um prazo de 10 dias para iniciar os trabalhos. O deputado Enivaldo dos Anjos disse que a reforma do 11º BPM será ampla e propiciará melhores condições de trabalho aos militares da unidade e, por consequência, melhores serviços prestados à sociedade de toda a região abrangida pelo referido Batalhão.

“Esta é mais uma etapa conquistada por nos junto ao governador Renato Casagrande, ao Secretário de Segurança Pública e Defesa Social Antônio Roberto Cesário de Sá e ao conterrâneo Vinicius Teixeira”, disse Enivaldo dos Anjos.

Historia do batalhão

O primeiro comandante do 11º BPM, de Barra de São Francisco, foi o major PM Paulo César Vieira, hoje coronel aposentado. Vale lembrar que Romais tem estreita ligação com a cidade, tendo, antes do batalhão, ainda como major, comandado a 4ª Companhia Independente.

O 11º Batalhão é responsável pela segurança pública não só de Barra de São Francisco, mas também dos municípios de Águia Branca, Água Doce do Norte, Ecoporanga e Mantenópolis, no firme propósito de defender os valores da sociedade norte-capixaba.

Antes dessas iniciativas de ampliar a atuação na região, Barra de São Francisco era servida apenas pelo DPM (Destacamento Policial Militar), que funcionava junto à Delegacia de Polícia Civil e era comandado pelos Delegados ou Subdelegados de Polícia quando estes eram militares.

Quando os Delegados e Subdelegados se tornaram civis, os comandantes do DPM eram militares, até 1986, quando Enivaldo dos Anjos se elegeu para seu primeiro mandato de deputado estadual e conseguiu a criação do 2º Pelotão da 1ª Companhia do 2º Batalhão de Nova Venécia, transferido para a Rua Maranhão, Centro de Barra de São Francisco.

Em 8 de abril de 1998, então líder do governo de Vitor Buaiz na Assembleia Legislativa, Enivaldo dos Anjos conseguiu a edição de um decreto criando a 3ª Cia do 8º Batalhão e, ato contínuo, sua transformação em 4ª Companhia Independente da Polícia Militar, com sede em Barra de São Francisco e abrangendo ainda os municípios de Ecoporanga, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alto Rio Novo e Mantenópolis.

Era o primeiro passo para se instalar o batalhão. Com o major Ailton Romais no comando, o subcomandante era o capitão Alex Voney de Almeida.

Em 02 de julho de 2002, a 4ª Cia Independente, através do decreto 1049-R, do Governador José Ignácio Ferreira, a pedido de Enivaldo dos Anjos, então conselheiro do Tribunal de Contas, transformou a companhia em 11º Batalhão da Polícia Militar, com a seguinte estrutura adjacente: Ecoporanga, sede da 2º Cia; Água Doce do Norte, sede do 4º Pel da 1ª Cia; Águia Branca, sede da 1ª Cia; e Mantenópolis, sede do 3º Pel da 1ª Cia, com atuação sobre Alto Rio Novo.

Assumiu então, como primeiro comandante do 11º BPM o major PM Paulo César Vieira, hoje coronel aposentado. O atual comandante é o tenente coronel Rômulo Souza Dias.