Contarato e Marcos do Val desbancam favoritos Ferraço e Malta e se elegem para o Senado

80

Os novos senadores do Espírito Santo a partir de 2019 são Fabiano Contarato (REDE) e Marcos do Val (PPS). Eles desbancaram os favoritos Magno Malta(PR) e Ricardo Ferraço (PSDB), que estão encerrando o mandato.

Mesmo com poder nas mãos, Malta e Ferraço não conseguiram se reeleger.

Com 95% dos votos apurados, Contarato já tinha mais de 1 milhão (30,99%) de votos e Marcos do Val mais de 800 mil (23,95%).

Malta ficou em terceiro, com pouco mais de 570 mil votos. Já Ferraço alcançou pouco mais de 450 mil.

Histórico

Fabiano Contarato tem 52 anos e é natural de Nova Venécia. Trabalha atualmente como corregedor-geral do Estado e como professor de Direito da UVV.

Contarato passou a ser conhecido no Estado pelo trabalho à frente da Delegacia de Delitos de Trânsito. Em 2014, chegou a ter o nome lançado pelo PR – partido do senador Magno Malta – como candidato ao Senado, mas retirou o nome da disputa alegando motivos pessoais. Após isso, exerceu a função de diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES) até agosto de 2015, quando pediu para ser exonerado.

Contarato defendeu durante a campanha as reformas do Código Penal e do Código de Trânsito para acabar, segundo ele, com a impunidade.

Marcos do Val (PPS) nasceu em Vitória e tem 37 anos. É instrutor de segurança e já trabalhou em outros países. A principal bandeira de Do Val é a da Segurança Púbica. Do Val defende leis mais rígidas, incluindo a redução da maioridade penal. Ele também defende a revisão do Estatuto do Desarmamento, para que todos os cidadãos possam assumir armas de fogos, após testes psicológicos e técnicos.

COMPARTILHAR