Com facões e machados, grupo tira carne de boi atropelado na BR 259

689

Depois de aproximadamente seis horas caído na BR 259, um boi que havia sido atropelado na madrugada desta quarta-feira (24) virou alimento para alguns moradores do município de Colatina, no Noroeste do Estado. Com o uso de facões e machado, nove pessoas começaram a abrir e desossar o animal no próprio acostamento da rodovia.

Segundo a dona de casa Ana Paula Ambrósio, a motivação para tal atitude é o atual preço dos cortes bovinos. “A carne de boi está muito cara. Hoje eu consegui economizar. Peguei carne suficiente para todo o mês. Não vou precisar comprar mais”, explicou ela, com as mãos ensanguentadas.

A carne recolhida foi colocada no porta-malas do carro da família, que ficou sabendo que o animal estava na pista por um vizinho. “Ele passou por aqui, viu o boi e passou lá no bairro avisando. Depois disso, nós pegamos o carro e viemos para cá”, disse. “Não sabemos de quem é o boi, mas agora ele é nosso”, completou.

Por meio de nota, a Vigilância Sanitária de Colatina informou que não foi notificada do fato em tempo hábil, mas que não recomenda o consumo da carne, já que é fruto de um acidente, no qual não houve o mínimo de higiene necessária durante o abate a manipulação do animal.

O acidente

No meio da madrugada desta quarta-feira (24), o boi havia sido atropelado por uma carreta, que seguiu viagem normalmente apesar da batida. Duas horas depois, por volta das 5h30, um carro não viu o animal caído na rodovia e acabou batendo nele. Como consequência, o veículo capotou, na altura do km 37, da BR 259. O motorista foi socorrido apenas com dores no corpo.