Colegas de Magistério de 1985 da Escola João XXIII têm reencontro em Barra de São Francisco

849

A educadora Penha Matos (Cesfa) foi a anfitriã, no último final de semana, de um encontro que se repete pela segunda vez, entre as colegas de escolas do curso de Magistério, formada em 1985, na antiga Escola Estadual João XXIII, hoje Escola Viva João XXIII. 1985.

A visita da educadora Judith, que mora há 24 anos em Boston, nos EUA, motivou bastante a organização do evento pela amiga Carla Vitorino. “Tornou o momento especial ainda mais, pois algumas não se viam mesmo desde o ano da formatura do Ensino Médio, na época chamado 2º Grau”, conta a professora aposentada Juliana Borém.

O encontro, segundo Juliana, foi “na roça da Penha Matos” e este é o segundo desde que as jovens, então com 17 e 18 anos, despediram-se para novos rumos. “Uma considerável quantidade delas empenhou-se de fato ao Magistério em Barra de São Francisco, promovendo a EDUCAÇÃO em escolas públicas e privadas do Município.

Hoje algumas das jovens “cinquentonas” já estão aposentadas. Outras partiram para buscar novos horizontes, no Brasil ou nos EUA, na iniciativa privada ou setor bancário, como a Márcia Coimbra, que trabalha na Caixa Econômica de São Mateus. Já a Rita Vieira Oggioni é empresária no setor automotivo na região dos Lagos, no Rio de Janeiro”, descreve Juliana Borém.

“O reencontro ocorreu no último sábado, 17, e promete um novo momento em que vão se juntar mais amigas daquela turma divertida, cujos professores Neuzinha Fernandes, Tânia Azevedo, Marinete Thom, Sônia Miniguite, Solange Rodrigues, Zulagar Dias, Cléria , Terezinha Apolinário, nunca as esqueceram, tanto pela qualidade profissional como pelo sentido de união e valorização de sua própria história em Barra de São Francisco”, finalizou Juliana.

Por: Weber Andrade (vozdabarra)