Casagrande é eleito governador do Espírito Santo

34

Com 55,49% dos votos válidos, Renato Casagrande (PSB) foi eleito neste domingo (7) governador do Espírito Santo, em primeiro turno, para os próximos quatro anos. Com 100% das urnas apuradas, o socialista teve 1.072.224 votos, contra 525.973 votos de Carlos Manato (PSL), com 27,22%.

A terceira colocada da disputa foi Jackeline Rocha (PT), com 7,38% (142.654 votos), grande surpresa do pleito, por ultrapassar a senadora Rose de Freitas (Podemos). A senadora começou a campanha eleitoral como segunda colocada nas pesquisas, desceu para a terceira posição na reta final, e ficou como 4ª colocada, com 5,47% (105.754 votos).

Aridelmo Teixeira (PTB) obteve 3,25% (62.821 votos), e André Moreira, 1,18% (22.875 votos). O cálculo utilizado pela Justiça Eleitoral considera apenas os votos válidos, descontando os brancos e nulos. Na eleição para governador, os votos brancos foram 5,17% (114.918 votos), e nulos, 7,92% (175.988 votos). Ao todo, havia 2.753.585 eleitores aptos a votar no Espírito Santo.

Na véspera da eleição, as pesquisas Ibope e Futura mostraram Casagrande à frente na disputa ao governo do Estado.

PERFIL

Renato Casagrande tem 57 anos, nasceu em Castelo, no Sul do Estado, e é formado em Engenharia Florestal pela Universidade de Viçosa (MG). Foi deputado estadual de 1991 a 1994; vice-governador de 1995 a 1998, no governo Vitor Buaiz; deputado federal, de 2003 a 2006; senador, de 2007 a 2010, e governador do Espírito Santo de 2011 a 2014. Naquele ano, não conseguiu a reeleição, vencida por Paulo Hartung (MDB). Atualmente é presidente da Fundação João Mangabeira, do PSB.

Casagrande integra o PSB desde 1987. No início de sua militância política, em 1979, filiou-se ao PCdoB, nos tempos de universidade. Em 1982 filiou-se ao PMDB, e depois mudou para o PSB.

COMPARTILHAR