Batalhão da polícia de Barra de São Francisco sedia reunião da área integrada de segurança pública

114

Aconteceu nesta terça-feira (01/10/2019), no auditório do 11º BPM, a 15ª reunião da Área Integrada de Segurança Pública (AISP), encontro este que fora tratado assuntos atinentes a operações policiais e paz pública de Barra de São Francisco e região.

Estiveram presentes o Comandante do Batalhão, Ten Cel Rômulo Souza Dias, o Major subcomandante da Unidade Jefson Coelho Correia, o Major P/4, Manoel Gambarti Junior, o delegado chefe da 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil, Leonardo Forattini Dutra, o prefeito de Barra de São Francisco, Alencar Marin, o juiz da comarca de Barra de São Francisco, Dr. Thiago Balbi, e demais oficiais e praças da Unidade.

O comandante do Batalhão iniciou a reunião ressaltando a importância da proximidade entre os órgãos de segurança pública, com o fito de promover uma sensação de segurança maior bem como servir a contento a sociedade capixaba.

Foram apresentados aos participantes os indicadores criminais da circunscrição da aludida AISP, que apontam considerável redução nos crimes de homicídios e roubo a pessoa em via pública. Tais resultados tem sido fruto das diversas modalidades de policiamento que foram implantados no município no ano de 2019. Ademais, as abordagens a pessoas e veículos bem como o número de operações policiais aumentaram significativamente.

Dissertaram também acerca da situação da praça central, na qual existem indivíduos ociosos que incomodam e colocam em risco a segurança dos munícipes francisquenses. Foi sugerido uma remodelagem na supramencionada praça, com o intuito de afastar os indivíduos que hoje atrapalham as atividades lúdicas dos cidadãos e uma remodelagem na iluminação bem como uma nova pintura.

Além disso, foi colocada em pauta considerar a praça para uma maior quantidade de eventos festivos, com o escopo de trazer o instituto família dentro daquele patrimônio público.

O Ten Cel Rômulo finalizou o encontro destacando a importância de toda a estrutura da segurança pública estar reunida, com membros do magistrado, chefe do executivo e representantes da Polícia Civil, todos com o fito uníssono de combater o crime e reduzir os índices criminais.